Matthew E. White – Fresh Blood (tweet post)

Depois da belíssima estréia de Matthew com Big Inner, somos presentados com outro disco fantástico. Muito bem elaborado e rico em detalhes minuciosos, Fresh Blood é uma continuação digna para a discografia do cantor que se destaca por sua sonoridade madura e suave, misturando Soul, Gospel e ritmos Africanos arranjados para emocionar o ouvinte.

Compre: Amazon

Baixe: kickass

Melt Yourself Down – Melt Yourself Down

Essa banda merecia um post só por essa capa birutaça, mas vamos tentar não fazer isso e cair no velho ditado de não julgar um disco (livro) pela capa.

O que esperar de uma banda que chama Melt Yourself Down? opção A: pop estilo cantaremos todos juntos num estádio, opção B: soul music de dor de cotovelo ou opção C: Jazz/afrobeat/Funk psicodélico fritadaço no Jiraya? Não precisa pensar muito, em um rápido play você já tem certeza da resposta: uma trilha sonora pronta para tirar você de órbita. A criatividade, energia e catarse da música africana é combinada com refrãos mais tradicionais de música pop/rock e fazem você querer bater uns tambores, caçar mamutes e dançar em volta de uma fogueira sacrificando animais para uma boa colheita.

Você também tem a opção de balançar a cabeça e bater o pé no ritmo da música como eu faço e curtir essa fusão de ritmos divertida e imaginar onde esses caras estavam com a cabeça na hora de produzir um disco avant-garde de world music.

Compre: Amazon

Baixe:Thepiratebay
A

Goma Laca – Afrobrasilidades em 78 RPM

A curadoria Ventiladores permanece espalhando música espetacular aos 4 ventos e  dessa vez teremos uma coletânea feita por algumas das figuras brasileiras mais legais que já passaram por aqui.

GOMA-LACA é um centro de investigações dedicado ao universo da música brasileira feita na primeira metade do século XX e registrada nos antigos discos feitos de cera de carnaúba e goma-laca que giravam a 78 rotações por minuto. Idealizado por Biancamaria Binazzi e Ronaldo Evangelista que começaram a fazer um trabalho incrível de resgatar e catalogar todo um acervo que estava em risco de desaparecer com o tempo e ainda juntar diversos nomes da MPB atual para reinterpretar diversos clássicos e contar novamente essas histórias que juntam Brasil e África.


Mais informações: http://www.goma-laca.com

Baixe: Gomalaca

Panda Bear – Panda Bear Meets The Grim Reaper

Nos deparamos novamente com Mr Lennox a voz mais conhecida por trás do Animal Collective, os birutas mais legais a fazerem música na última década.

A persona solo de Lennox atende por Panda Bear, trabalho  que já era conhecido pelos fãs do Animal Collective com alguns discos fantásticos como Person Pitch Spirit They’re Gone Spirit They’ve Vanished  mas após uma participação no disco do do Daft Punk Random Acess Memories, o reconhecimento é muito maior, então não mais justo do que produzir algo que possa acomodar fãs de longa data e a galera que agora conhece pela participação em Doin’ it Right dos djs robozinhos.

A príncípio PBMTGR não foge muito do som consolidado tanto na carreira solo, que busca uma pegada neo-psicodélica com influências de surf music e música pop quanto na inquietação sonora experimental do Animal Collective que busca nunca repetir o mesmo som mas bebendo principalmente da que é considerada a obra prima deles o Merryweather Post Pavillon.  O que significa que talvez esse disco seja uma espécie de compilação póstuma do Panda Bear, ele encontrou o ceifador macabro e está se despedindo com o melhor do que fez durante a carreira.

Seja lá quais forem as razões por trás do disco, é genial o trabalho de sampling feito por Lennox e o produtor Sonic Boom (Spacemen 3, MGMT) com muita coisa retirada de lugares comuns de discos de hip hop dos anos 90/2000 e levados ao patamar psicodélico e imprevisível que eles gostam de usar, isso faz com que o disco seja estranhamente familiar, como um amigo ou criança que você não vê há muito tempo e agora está totalmente diferente, mas ainda é possível traçar o caminho de volta ao passado e ver a evolução.

Compre: Amazon

Baixe: Torrenthound

Run The Jewels – RTJ2

Não sou muito fã de Hardcore Rap pelo fato de que ouvir um cara dizendo o quanto malvadão ele é cansa rápido, mas de vez em quando você junta uma produção tão foda com letras tão exageradas que você rompe a barreira do absurdo e dá uma voadora na cara da razão. Essa é mais ou menos minha impressão ao ouvir RTJ2 e é muito bom.

O album é o famoso soco na têmpora que te atordoa instantaneamente assim que você dá play, o disco deveria vir com um aviso de possível decapitação por beats, não recomendo ouvir fora de fones de ouvidos bem isolados, ao chegar na participação de Zack de La Rocha do Rage Against The Machine umas 10 cabeças possivelmente estarão explodidas por alto-falantes comuns.

Enquanto o Shabazz Palaces te leva a um passeio espacial com ares psicodélicos, o Run The Jewels passa 38 minutos intensos de pura distribuição de violência gratuita ensaiados como uma grande obra épica, esses caras são os Lusíadas Gangsters eles simplesmente não se importam com ninguém e distribuem porrada pra todo lado. As batidas são originais e possuem fluxos inesperados ainda que sem grandes malabarismos sonoros, tudo o que se espera de um disco de hip hop dos anos 2000 inovador e familiar ao mesmo tempo.

Compre/Baixe de graça: http://www.runthejewels.net/

TV On The Radio – Seeds (tweet post)

O TVOTR continua sua trajetória rumo ao pop com seeds, uma sequência lógica de Nine Types of Light, que já apresentava um lado mais acessível da banda. Particularmente não acho tão bom quanto NTOL mas ainda é um disco muito acima da média, é o tipo de album que acaba agradando a novos ouvintes e fazendo os fãs mais antigos virarem um pouco a cara, não seja apegado ao passado e curta as belas Happy Idiot, Quartz e Right Now e claro todo o resto do disco.

Compre: Amazon

Baixe: Kickass

Tony Allen – Film Of Life (tweet post)

O lendário baterista do Afrika 70 demonstra que não existe idade para se fazer música boa. Após sua carreira solo decolar no fim dos anos 90 Allen não para de soltar discos excelentes, Film Of Life não é excessão e carrega toda a essência do afrobeat ajustada para novos tempos.

Compre: Amazon

Baixe:Kickass