Chromatics – Kill For Love

Vamos amigos a mais uma aventura no mundo do synth, preparem seus tecladinhos, suas roupas futuristas e sua falta de bom senso e vamos nos divertir ouvindo Chromatics.

Imagine que você entrou no Delorean e foi transportado para um filme ambientado nos anos 80, aquela atmosfera sombria acompanhada de vocais etéreos e ao mesmo tempo cheia de sorrisos amarelos e momentos “felizes”, você então entende de onde esses ecos brilhantes estão vindo. É como ir num daqueles clubes da moda, tudo é muito cool, ser normal  que é estranho nesses locais, então observe as luzes de neon usando seu óculos escuros e curta a noite como um ser que abomina a luz do sol.

O album abre ambiciosamente com uma versão própria de My My, Hey Hey (Out Of The Blue) do Neil Young, chamada no disco de Into The Black ,  e vai intercalando momentos de pura introspecção com chamadas para a pista, num épico de 17 faixas que dificulta minha seleção de momentos altos, num album absurdamente consistente apesar da duração. Meio enviesado devido minha predileção por obras que exigem que você se adapte a audição e entre no clima do que você escuta no momento (estou falando de você geração Ipod).

Compre:Amazon

Baixe: Kickass

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s