Gogol Bordello – Trans-Continental Hustle

Gogol Bordello…. esse vai ser dificil mas vamos lá né, vamos usar técnicas lúdicas pra tentar entender essa putaria:

Imagine se a Jugoslávia ainda existisse e que todos aqueles povos não quisessem se matar, arianos, gregos, turcos, mongóis, judeus, ciganos e o caralho a quatro todos juntos. Agora imagine que todos eles resolveram se mudar pra terra da “liberdade”  vulgo Estados Unidos e tocar punk, mas não satisfeitos mantiveram os ritmos de suas respectivas nações originais nesse punk. Junte um punhado de malabares de circo, perfomance teatral estilo cabaré, alguns pingos de ácido lisérgico e 2 litros de anarquia, bata tudo num liquidificador gigante e você tem uma base pra entender a orgia cultural do Gogol Bordello.

O líder do grupo e consequentemente o mais insano (porque na democraria dos loucos somente o mais louco pode governar) Eugene Hutz : Ucraniano que fugiu do acidente de Chernobyl (mas na minha opinião não a tempo) entretanto… em vez de virar um mutante que solta raios cósmicos por orificios estranhos e se alimenta de tofu defumado ele ganhou o poder do entretenimento para nossa alegria! e satisfação 

Aí sim senhores Nós do Ventiladores , fomos surpreendidos novamente, com o recente Trans-Continental Hustle produzido pelo fodastico Rick Rubin e é claramente mais um tiro certeiro da trupe que transmite toda a energia figuradamente nuclear no album, e ainda com todos os intrumentos que você conseguir nomear: backing vocals de todos os estilos, sexos, tons de pele e claro! a cereja do bolo: A voz rasgada de Hutz guiando a festa. Dá pra imaginar eles na praça da sua cidade dando voltas pelas ruas gritando como um carnaval rockalesco.

Os melhores momentos se encontram  In The Meantime in Pernambuco (quase esqueço de mencionar que o cara adora o Brasil e mora atualmente no Rio também é ator e DJ) e Sun Is On My Side ; Mas a música titulo que fecha o cd também é muito boa. Apesar do album ser ótimo é razoavelmente diferente dos anteriores , neste há uma energia festeira mais presente de banda de rua e menos atitude punk. Soa mais suave e menos agressivo assim penso eu, enfim recomendado pra animar o ânimo e introduzir a banda pra seus trabalhos mais hardcores mas sem desmerecer esse nem por um segundo.

Baixe: The Piratebay
Compre: Amazon

Um comentário sobre “Gogol Bordello – Trans-Continental Hustle

  1. Pingback: Gogol Bordello – Pura Vida Conspiracy (tweet post) | Ventiladores'

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s